Primavera – versão TPM

Hoje é a avant premiere da temporada “bem vinda primavera” em uma timeline perto de você. Redes sociais com mais flores que dinheiro nas malas do ex-ministro.

Recife, que por sua vez só tem verão, ama a primavera mas não é correspondida.

Tá, temos umas papoulas, uns ipês amarelos e bougainvilles, mas olha só, se você tirar a cara do celular e reparar direitinho, elas estão lá o ano inteiro.

Essa estação marota só vem pra constranger nossa auto estima e provar que além de não ter calçadas andáveis e ruas sem buraco, também não temos direito a míseras rosas, gérberas nem margaridas brotando livremente em jardins públicos. Provavelmente porque nem temos jardins públicos.

Na verdade eu nem queria flor, queria mesmo é que ninguém estacionasse na frente do meu portão (mesmo que seja rapidinho só pra pegar junior na escola), queria ficar na fila do supermercado sem ninguém furar a fila (porque a tia estava “guardando” o lugar) e queira muito que a GVT lá de casa entregasse a internet que ela promete no panfleto do sinal. Se no fim do dia ainda tiver uns girassóis, a gente agradece a preferência.

Minha homenagem neste dia, que marca o início do equinócio de primavera, vai para nosso queridíssimo Governador Paulo Câmara e seus 3,7 mil assassinatos em Pernambuco, só este ano. Pra comemorar, sobe som de Titãs:

As flores tem cheiro de morte

A dor vai fechar esses cortes
Flores
Flores
As flores de plástico não morrem”

*Sim, estou na tpm.

 

#PrimaveraÉtodoDia

primavera

Depois das chuvas, um pouquinho antes do verão! Ah, a primavera.

E ela não é igual em todo lugar, porque cada um tem a primavera que merece.

Carol, por exemplo, é a sortuda que mora numa CASA no Poço da Panela. Ela, como poucas, pode ter um jardim, daqueles, de verdade. Mas não se contenta só com o jardim do lado de fora da casa não senhora, tem flor por toda parte.

Nas noites de feste, quando junta os amigos pra beber vinho verde, colhe as flores e faz o arranjo das mesas.

primaveraCarol1

primaveraCarol3

Aninha não mora numa casa muito menos no Poço da Panela. Mas e daí? Pouco se importando com o tamanho do seu apê na Torre, ela levou as flores pra a varanda porque a primavera é assim; vem de dentro pra fora. E ela é toda primavera.

Para colorir ainda mais o espaço, comprou caixotes de frutas (lá na frente do Mercado de São José) por R$ 4,00 cada, depois comprou tinta na livraria e fez o jardim mais colorido em linha reta do Recife.

primaveraaninha1

primaveraaninha3

primaveraaninha4

primaveraaninha5

primaveraaninha6

Eu? Tenho varanda, flores e jarrinhos coloridos. Mas este ano quero a primavera por todo canto. Nas roupas, inclusive.

primaveraeu

Eu sou primavera, e você?

A semana começa numa segunda e acaba num domingo (a minha, pelo menos).

É assim, toda semana.

Todo ano.  O ano todo. Até que chega primavera.

E ela chega mesmo que você esteja ocupado demais assistindo Faustão.  Mesmo que você nem goste de primavera. Ela chega mesmo assim. E nem avisa. Muito da espaçosa essa primavera, se você quiser minha opinião.

É bom estar preparado, porque além de espaçosa, a danada tem TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo). Vai dizer que você não sabia que até as primaveras tem direito a uma esquizofreniazinha, de vez em quando? Não chega assim a ser um caso grave com receita tarja preta de rivotril. Isso é coisa pro inverno. Ela só tem TOC, nada muito sério.

A primavera é chegada numa faxina. Limpeza. Reforma. Mudança. Renascimento, seria a palavra mais apropriada.

E pra renascer, logo se deduz que tem que morrer antes.

Ninguém disse que ia ser fácil.

Ou você estava achando que era só colher umas flores, fazer uma metáfora poética com o plantar/florescer da vida e pronto?

Não, meu filho, pra renascer tem que necessariamente, morrer antes.

E vamos combinar que ninguém, em sã consciência, está preparado para morrer, assim de uma hora para outra, né?

Eu morri sábado a noite.

E renasci hoje pela manhã, com Maria numa sementeira aqui perto. Junto com as flores (por mais piegas que isso pareça). As primaveras são assim mesmo, piegas. Dariam, inclusive, um ótimo livro de auto ajuda.

Eu não gosto de livros de auto ajuda. Mas gostei de ser primavera!

“Aprendi com a primavera; a deixar-me cortar e voltar sempre inteira.” Cecília Meireles (num momento auto ajuda)

“Pernambuco embaixo dos pés, e a mente na imensidão!”

Adoro falar do que é daqui mas, às vezes, é preciso ver o que tá rolando longe do nosso umbigo.

Isso porque, enquanto as semanas de moda do Brasil mostram a coleção inverno 2011, as marcas gringas lançam as coleções primavera/verão.  E….considerando que o danado do inverno não chega NUNCA por aqui, nos resta a inspiração que vem de terras estrangeiras.

A TOP SHOP, por exemplo, marca gringa, lançou uma coleção que é A CARA DO RECIFE: leve e florida.

Atenção aso cabelos levemente coloridos! No site da loja, vende o produto pra colorir. Mas….por aqui, o papel crepon faz QUASE o mesmo efeito (a loka!).