Brincando de lógica

Premissa 1 – Alguns homens violentam mulheres
Premissa 2 – Algumas mulheres são violentadas por homens.
Logo, todas as mulheres devem beber menos.

Premissa 1 – Alguns homens batem em mulheres.
Premissa 2 – Algumas mulheres apanham de homens.
Logo, todas as mulheres devem se expor menos nas redes sociais.

Premissa 1 – Alguns homens matam suas esposas ou namoradas.
Premissa 2 – Algumas mulheres morrem assassinadas por seus maridos ou namorados.
Logo, todas as mulheres devem andar na companhia de pessoas de confiança (que não sejam, pelo que tudo indica, seus maridos ou namorados).

Premissa 1 – Todas as conclusões acima são machistas e culpam a vítima.
Premissa 2 – O Governador de Pernambuco endossa as conclusões acima.
Logo, ____________________________________

*Essa crônica foi inspirada na declaração  do Governador de Pernambuco, Paulo Câmara, sobre a violência e o aumento dos casos de estupro. Paulo reforça as orientações da PM que pede cautela as mulheres, sugere que elas bebam menos e evitem exposição em redes sociais.

Dia de eliminação!

É dia de paredão no Batida Salve Todos!

Vou ser a primeira a votar no confessionário (porque sou a dona do blog e isso aqui não é uma democracia).

- Gostaria de votar na miséria.

Não é nada pessoal, é falta de afinidade mesmo.

Acho que essa coisa de ainda ter gente passando fome super ultrapassada.

Pensei em votar na corrupção e eliminar ela de uma vez por todas desse confinamento, mas isso aqui é um jogo, né?  Se o próximo paredão for duplo, mando a criminalidade e a violência juntas. Acho que elas não merecem fazer parte desta grande nave-mãe que é o Brasil. Estou tranquila, porque mesmo sem votar na desigualdade social, mais cedo ou mais tarde, as máscaras vão cair, e ela vai ser eliminada do jogo.

Ainda não sei quem vai ganhar esse reality life, mas espero que sejam os verdadeiros heróis e guerreiros deste país: os trabalhadores. Aqueles que acordam cedo, batem ponto, pagam seus impostos, ficam nas filas da saúde pública e sustentam suas famílias com um salário mínimo.

E você, vai mandar quem para o paredão de hoje?